Livros

Palavras Contadas é o meu livro de contos, publicado em 2014 pela Editora Multifoco do Rio de Janeiro.

Escrever para mim é um ato de alegria, pois me permite viajar por mundos que oscilam entre o real e a fantasia. Quando termino um texto, examino com os olhos bem abertos, mas acima de tudo com o coração pulsando liberto, para sentir a historia que acabei de criar…

Palavras Contadas

Seleção de dezessete contos que, em sua maioria, retratam o cotidiano e as questões comportamentais de personagens impregnadas de sensibilidade, quer seja em uma grande metrópole, quer seja em um pequeno vilarejo. Os contos não seguem propriamente um estilo único, mas exploram diferentes estilos, cenários e situações.

Entre as 17 histórias, destaca-se a de um mendigo poeta que vive na rua e transita com sua cadela pelas redondezas da Avenida Paulista, a de uma mulher infeliz que leva uma vida dupla e descobre o prazer nas ruas e praças escuras da cidade e a de um sujeito que rouba uma bicicleta em um passeio de fim de semana. De todas as histórias pode-se extrair alguma situação que perfeitamente se encaixa em alguma experiência de nossas vidas cotidianas. Os contos têm como fonte de inspiração acontecimentos que extrapolam o amor, tristeza, beleza, maldade, orgulho, simplicidade e a prepotência, que estão presentes nas vidas de seus personagens.

As situações criadas nos contos reforçam a tese de que o homem é um ser individual e como tal traz traços de personalidade que deixam aflorar desejos, frustrações, ambições, fantasias e sonhos. Por outro lado, expressam debilidades e fraquezas que expõem a sua fragilidade diante de um mundo cada vez mais feroz e seletivo. As histórias são narradas com a sensibilidade de quem olha através de um caleidoscópio, onde as possibilidades são inúmeras dependendo do ângulo de visão e da disposição de enxergar situações nem sempre visíveis ao primeiro olhar. 

O livro está disponível no site da Editora Multifoco, clique aqui para acessar.

Poesia de Colores

Apaixonado pela vida e amante das artes, em especial a poesia e a pintura, que para mim são a mesma coisa. A poesia é a pintura em forma de palavras, assim como, na pintura são as palavras em forma de cores.

Este livro traz uma sequência de pinturas e poesias feitas ao mesmo tempo. As obras devem muito ao expressionismo abstrato, tanto em palavras, como nas pinturas refletidas através de cores vivas e harmónicas. Em cada cor, eu procuro falar com distintas vozes sobre as cores, fazendo uma relação perfeita entre a pintura escrita e a expressão visual. O que busco é um gesto criativo puro e absoluto comunicando a força poética, através do sentido visual e das palavras.

“A vida só tem graça se for colorida… Pinte a sua vida, com todas as cores, todos os dias e seja muito feliz…

Voltar