Lá no fim

Quando eu ao pó retornar, nas noites frias e escuras, se volte para o céu. Aquele pontinho mais brilhante que você vê sou eu, agora somente energia, em constante vigília velando os de corações aflitos. Não fique triste, apenas sinta a energia que pulsa com vigor e te aquece o coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.