… e já estamos em 2022, então o que esperar deste novo ciclo?

Destaque

Ao responder à pergunta: quais são as suas expectativas para o Ano Novo? A resposta raramente vem em primeira pessoa. Quase que invariavelmente as pessoas esperam por algo que alguém fará por elas, ou que por algum milagre suas vidas magicamente mudem para melhor. Poucos são aqueles que olham para si e tentam encontrar resposta … Continue lendo … e já estamos em 2022, então o que esperar deste novo ciclo?

Por um Natal solidário

Destaque

Vivemos tempos escuros marcados por dúvidas e incertezas, mas é importante ressaltar que são as noites mais escuras que permitem ver as estrelas brilharem mais intensamente. Então, na noite de Natal, olhe para o céu, busque a estrela mais brilhante, e eleve o pensamento para renovar o espírito de esperança, coragem e compaixão que nos trouxeram … Continue lendo Por um Natal solidário

Pele Alva e Pele Alvo

Éramos todos seres humanos vivendo em harmonia, até que a fronteira imaginária do território nos separou, a raça nos segregou, a religião e a política nos dividiu e o dinheiro nos classificou. Desde então a desigualdade não parou de crescer, criando uma sociedade imoral e injusta, onde o direito à vida é decidido em base … Continue lendo Pele Alva e Pele Alvo

O mercado da “Fome”

Inicio este texto deixando claro que não tenho nenhum viés político, até porque a fome não tem partido. Desde que me conheço por gente escuto sobre a miséria no Brasil. Mas, nos últimos tempos, a quantidade de pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar disparou. O Brasil se tornou um país rico de um povo miserável! … Continue lendo O mercado da “Fome”

Paranoia racial

Em 2017 peguei um Uber em Atlanta, dirigido por Abraham Lincoln, um preto, forte, falante e cheio de dentes no riso. Achei que ele estava brincando, mas esse era mesmo o seu nome. Papo vai, papo vem, ele me confidenciou que estava trabalhando duro para juntar dinheiro e sair dos Estados Unidos. Quis saber por … Continue lendo Paranoia racial

Porque os cães vão para o céu

Vários cães fizeram parte da minha vida, embora um diferente do outro, algumas características sempre foram iguais em todos eles: a fidelidade, alegria, curiosidade e o amor. Assim foi com o Cacique, Lobo, Chita, Duque, Branquinha, Symba, Coca e a Nina. Uma pergunta que sempre me fiz é porque os cães vivem menos que os … Continue lendo Porque os cães vão para o céu

Sou cringe com muito orgulho

Cringe, para quem não sabe, é um termo do inglês americano que pode ser traduzido como vergonha alheia ou estranheza, que adaptado ao português brasileiro seria o que está fora de moda, brega, entre outros adjetivos pejorativos, que vem sendo usados, em larga escala, nas redes sociais, especialmente pela geração Z. Creio haver uma falha … Continue lendo Sou cringe com muito orgulho

A casa do meu avô

A casa do meu avô era um templo sagrado, e ele uma entidade. O meu avô era visto como uma referência de honestidade, respeito e autoridade, pela família e vizinhos. A família era grande. Foram 14 filhos, criados com muita luta, mas com muito amor. O terreno da propriedade era grande, a casa era simples, … Continue lendo A casa do meu avô

Uma pequena reflexão sobre a fome

A desigualdade social no Brasil é resultado de décadas de descaso e falta de ações concretas que permitam a sua redução. Com a chegada da pandemia, o caos se instalou, a pobreza ampliou, e o fosso social que era enorme passou a ser ainda maior, em especial, para a camada mais pobre da população. Conhecendo … Continue lendo Uma pequena reflexão sobre a fome