Paranoia racial

Em 2017 peguei um Uber em Atlanta, dirigido por Abraham Lincoln, um preto, forte, falante e cheio de dentes no riso. Achei que ele estava brincando, mas esse era mesmo o seu nome. Papo vai, papo vem, ele me confidenciou que estava trabalhando duro para juntar dinheiro e sair dos Estados Unidos. Quis saber por … Continue lendo Paranoia racial

Porque os cães vão para o céu

Vários cães fizeram parte da minha vida, embora um diferente do outro, algumas características sempre foram iguais em todos eles: a fidelidade, alegria, curiosidade e o amor. Assim foi com o Cacique, Lobo, Chita, Duque, Branquinha, Symba, Coca e a Nina. Uma pergunta que sempre me fiz é porque os cães vivem menos que os … Continue lendo Porque os cães vão para o céu

Sou cringe com muito orgulho

Cringe, para quem não sabe, é um termo do inglês americano que pode ser traduzido como vergonha alheia ou estranheza, que adaptado ao português brasileiro seria o que está fora de moda, brega, entre outros adjetivos pejorativos, que vem sendo usados, em larga escala, nas redes sociais, especialmente pela geração Z. Creio haver uma falha … Continue lendo Sou cringe com muito orgulho

A casa do meu avô

A casa do meu avô era um templo sagrado, e ele uma entidade. O meu avô era visto como uma referência de honestidade, respeito e autoridade, pela família e vizinhos. A família era grande. Foram 14 filhos, criados com muita luta, mas com muito amor. O terreno da propriedade era grande, a casa era simples, … Continue lendo A casa do meu avô

Uma pequena reflexão sobre a fome

A desigualdade social no Brasil é resultado de décadas de descaso e falta de ações concretas que permitam a sua redução. Com a chegada da pandemia, o caos se instalou, a pobreza ampliou, e o fosso social que era enorme passou a ser ainda maior, em especial, para a camada mais pobre da população. Conhecendo … Continue lendo Uma pequena reflexão sobre a fome

Dia Internacional da Mulher

Se Deus criou algum ser mais perfeito do que a “mulher” guardou para si! Acho injusto um único dia, no ano, para homenagear as mulheres. Talvez o mais correto seria celebrar todos os dias pares, e os ímpares também. Isso mesmo, todo dia deveria ser o dia delas! Formosa mulher que desabrocha da menina flor, … Continue lendo Dia Internacional da Mulher

Devaneio

Do nada, alguma coisa mágica, te fez surgir. Nunca a havia visto, mas a sua beleza contrastava com tudo ao seu redor, e a tornava ainda mais bela. Seu olhar inconsequente e malicioso me embriagou. Ao me acercar não pude resistir e, sem consultar, a beijei com paixão. Aquele beijo me provocou uma orgia de … Continue lendo Devaneio

Os contraditórios da vida

Quando você é adolescente parece que tudo e todos o incomodam, principalmente "sua mãe", aquela que se mete em tudo, aquela que não lhe dá espaço, aquela que te acorda pelas manhãs, dizendo: levanta, vai perder a hora, traz, guarda, arruma, cuidado... Basta você dizer que vai a algum lugar, pronto já começam as perguntas. … Continue lendo Os contraditórios da vida

Um Natal de sobreviventes

Somos todos sobreviventes! ​A expectativa era que 2020 fosse um ano par, literalmente, não foi! Ao oposto, esse foi um ano ímpar. Podemos afirmar com todas as letras que 2020 não encontra precedentes para a nossa geração. Estamos experimentando um dos mais assustadores episódios da civilização humana. Tanto é que nunca se consumiu tanto ansiolítico … Continue lendo Um Natal de sobreviventes

O dia que senti vergonha se ser branco!

Hoje, 20 de novembro, quando se celebra o dia da “Consciência Negra” amanhecemos com a triste e repugnante notícia que mais um preto foi brutalmente assassinado a luz do dia, em um supermercado, por uma razão injustificada e fútil. Apesar de que as circunstâncias desta morte precisam ser investigadas, o fato é que este homem … Continue lendo O dia que senti vergonha se ser branco!